MENSAGEM GOSPEL - CIÊNCIA & SAÚDE NEUROLOGISTA GARANTE: A PRÁTICA DA ORAÇÃO EM GRATIDÃO A DEUS BENEFICIA O CÉREBRO HUMANO

Espaço Saúde

CIÊNCIA & SAÚDE NEUROLOGISTA GARANTE: A PRÁTICA DA ORAÇÃO EM GRATIDÃO A DEUS BENEFICIA O CÉREBRO HUMANO

Publicado em 03 de Dezembro de 2017 | Fonte: NOTICIAS GOSPEL


HOME

CIÊNCIA & SAÚDE

Neurologista Garante: A Prática Da Oração Em Gratidão A Deus Beneficia O Cérebro Humano

Neurologista garante: a prática da oração em gratidão a Deus beneficia o cérebro humano

28 de novembro de 2017

 

A ciência vem, ao longo dos últimos anos, fazendo descobertas a respeito da influência positiva da fé, oração e gratidão sobre o corpo humano. Agora, o neurologista David Perlmutter, a relação com Deus pode fortalecer o cérebro.

O neurologista concedeu uma entrevista à emissora Christian Broadcasting Network (CBN), e falou sobre a influência da gratidão a Deus sobre o corpo humano: “Estou falando da gratidão em termos de ação. A expressão de gratidão ultrapassa os nossos pensamentos. Ela se estende para nossas ações do dia a dia”, afirmou.

 

“Nós sabemos que quando participamos de ações que estão em torno da gratidão, o que é certamente nossa nobre obrigação, há mudanças químicas no corpo e no cérebro que são boas para nós”, acrescentou o neurologista.

Em sua explicação, David Perlmutter apontou os principais efeitos positivos: “Temos redução em vários produtos químicos de estresse que são prejudiciais, como o cortisol, e fomentamos o crescimento de certas áreas do cérebro que aumentam a percepção do mundo como um bom lugar”.

A dinâmica do pensamento positivo estimulado por ações de gratidão impacta o cérebro na medida oposta ao comportamento negativista, afirmou: “Portanto, é a prática da oração, da expressão de gratidão e do amor no dia a dia que nos envolve e, por fim, tem uma positividade muito autossuficiente. É bom para o nosso cérebro e para a saúde”.

 

Além de perpetuar o relacionamento com Deus, a oração e a prática da gratidão pode beneficiar também as relações com as pessoas à volta: “Ao expressarmos gratidão, mudamos a maneira como vemos o mundo. O mundo parece menos ameaçador. Nos tornamos mais propensos a engajar esses relacionamentos com outras pessoas e sentimos que outras pessoas estão sendo abençoadas”, concluiu.